CRÉDITO FÁCIL + DINHEIRO RÁPIDO = DINHEIRO NA MÃO

25/06/2014 06:25

 

Tome muito cuidado!

Hoje estive em diversos pontos de algumas cidades da nossa região e o que eu mais recebi foram panfletos de como conseguir empréstimos, e estes empréstimos podem ser aplicados na construção e reforma da sua casa, escritório, dentre outros. Ofereceram-me empréstimos para comprar o que eu quisesse. Estas empresas até refinanciam outros débitos.

Na atualidade o que não falta são opções para se conseguir dinheiro emprestado, muitos bancos e outras instituições financeiras emprestam dinheiro fácil e sem muita burocracia.

Um tipo de golpe do dinheiro fácil funciona assim: Uma determinada empresa liga para você e lhe oferece dinheiro fácil, ou seja, o consumidor sequer precisa ir ao banco ou a administradora.

O consumidor por razões óbvias acaba fornecendo todas as informações que o golpista preciso para realizar toda a transação financeira.

Para a empresa lhe emprestar dinheiro é preciso que você arrume um avalista e muitas vezes não consegue, e a vitima é convencida a pagar um seguro fiança. Os golpistas oferecem o número de uma conta bancária para que a vítima faça o depósito de uma determinado valor, como condição básica para a realização do negócio, a vítima deposita o dinheiro da fiança e não recebe financiamento algum.

Mas antes precisamos fazer uma análise sobre estes empréstimos e em que condições este dinheiro está sendo emprestado e as taxas de juros que estão sendo cobradas.

Mantive contato com algumas empresas (Bancos e financiadoras) e algumas estão cobrando 15, 18, 25, até 30% ao mês. Isso é um absurdo, ou seja, se você pegar emprestado R$ 100 hoje para pagar em um mês você estará pagando até R$130.

O Constituinte de 1988 sensível à ideia de que os juros não podem asfixiar a iniciativa honesta viu por bem limitá-los a 12% ao ano.

É lógico que temos algumas exceções, mas são muito raras.

Em função dos seus efeitos destruidores, a usura tem recebido reprovação moral e legal, estando tipificada como crime em nossa legislação, ou seja, estas atividades podem ser consideradas como crime de Usura (Agiotagem), esta lei foi aprovada em 1964 e mesmo com a aprovação da Constituição Federal em 1988 a LEI DE USURA NÃO FOI REVOGADA.

“A usura, em síntese, é entendida como a cobrança de remuneração abusiva pelo uso do capital, ou seja, quando da cobrança de um empréstimo pecuniário (ou seja, em dinheiro), são cobrados juros excessivamente altos, o que lesa o devedor. É prática repudiada socialmente, sendo considerada conduta criminosa por diversos ordenamentos jurídicos.”

Assim sendo, qualquer lei ou afirmação que dissesse que os Bancos não se submetem a Lei de Usura seria ilegal, pois que atacaria o princípio da lei maior, repetido em todas as nossas Cartas, que estabelece que “todos são iguais perante a lei” (art. 5º. da CF).

A constituição Federal estabelece que a lei reprima o abuso do poder econômico que vise à dominação dos mercados, à eliminação da concorrência e ao aumento arbitrário dos lucros.

Estas atividades podem ser caracterizadas também como crimes de EXTORSÃO, de DANO, APROPRIAÇÃO INDÉBITA, ESTELIONATO, INDUZIMENTO À ESPECULAÇÃO, CRIMES CONTRA A ECONOMIA POPULAR, CONTRA A DEFESA DO CONSUMIDOR, dentre outros.

As garantias exigidas por estas empresas do sistema financeiro são as mais diversas, ou seja, os agiotas só emprestam dinheiro para quem der garantias como: Imóveis ou veículos, cheques ou notas promissórias, muitas vezes assinados em branco.

Com relação a imóveis e veículos os agiotas chegam a exigir que os proprietários realizem a transferências desses imóveis ou móveis para um terceiro (testa de ferro, laranja, etc.). Há casos em que, após a transferência destes bens, em quatro ou cinco meses a dívida aumentou mais de 300%, ou seja, a vítima é engada duas vezes.

POR ISSO TOME CUIDADO DINHEIRO FÁCIL E JUROS ALTOS ANDAM JUNTOS, E QUANDO VOCÊ SE SENTIR LESADO, PROCURE UM ADVOGADO OU UM ÓRGÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR PARA BUSCAR MELHORES INFORMAÇÕES SOBRE ESTES CRIMES.

Acessando o site de uma empresa que “empresta dinheiro” veja a informação que é solicitada: CONTA CORRENTE OU POUPANÇA. A informação de que é correntista tudo bem, mas se tem aplicação de poupança. Se eu tenho dinheiro aplicado eu não preciso fazer empréstimo, concorda?

Para os consumidores que passaram por estas situações existem diversas medidas legais para reaver os seus bens expropriados por esses agiotas.

ALGUMAS DICAS ÚTEIS PARA FUGIR DOS AGIOTAS, DA PROPAGANDA ENGANOSA, SEJA ATRAVÉS DE PANFLETOS OU ANÚNCIOS NOS DIVERSOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO:

1 – Nunca transfira o seu terreno, carro, ou qualquer outro bem a título de garantia para qualquer pessoa.

2 – Nunca peça dinheiro emprestado por telefone ou internet.

3 – Jamais assine notas promissórias, cheques, duplicatas ou confissões de dividas em branco.

4 – Nunca forneça seus dados pessoais e cadastrais por telefone.

5 – Se por ventura você foi vítima destes golpes, vá até um posto policial e faça uma queixa e depois procure um órgão de defesa do consumidor, o Ministério Público ou um advogado.

 

ALGUMAS DICAS PARA EQUILIBRAR AS SUAS FINANÇAS:

1 – Nunca dever a ninguém.

2 – Não contraia mais dividas para pagar outras dívidas, pois isso vira UMA BOLA DE NEVE.

3 – Não se intimide com ameaças de protesto, SPC, Serasa e ou execuções na justiça.

4 - Não faça acordo de parcelamento ou pagamento de dívidas com cheques pré-datados, notas promissórias, etc.

5 – Não se deixe envolver por pessoas envolvidas com o sistema financeiro, pois muitas vezes eles são amigos enquanto você der lucros e oferecer perspectivas de bons negócios.

6 – Não esqueça que o dinheiro tomado de empréstimo acaba e nem sempre resolve o problema e você pode ficar sem o dinheiro, com o nome sujo e ainda com a dívida.

7 – Jamais pegue dinheiro emprestado para comprar coisas supérfluas ou manter status.

8 – Jamais use o cheque especial ou cartão de crédito para complementar a sua renda.

9 – Se o seu nome estiver “sujo”, calma, pois existem diversas maneiras de resolver o problema.

10 – Negocie. Não pague juros extorsivos.

11 – Peça ajuda a pessoas de sua extrema confiança e que tenham experiência com o sistema financeiro.

Cuidado com o slogan “Crédito para negativado. empréstimo consignado, empréstimo pessoal...”

AGIOTAGEM É CRIME – DENUNCIE!

 

Autor: José Ivanor Zanette, Bacharel em Direito e Técnico em Contabilidade.