ANEL VIÁRIO EM COCAL DO SUL

16/08/2015 18:02

Um sonho mais próximo da realidade

Não restam dúvidas que um dos maiores problemas da atualidade é a mobilidade urbana e como solução desse problema na cidade de Cocal do Sul o Governo do Estado de Santa Catarina juntamente com o Poder Público Sul cocalense estão realizando estudo no sentido da construção de um Anel Viário em nosso município.

Segundo informações no site da Prefeitura “a intenção é iniciá-lo no bairro União, passando pela SC-442, Linha Espanhola com saída para o Rio Galo, pela SC-108. O que futuramente poderia ligar ainda com o Anel Viário de Criciúma pela Linha Cabral. É uma obra curta, mas que fará toda a diferença, por isso precisamos de uma discussão para poder juntos propor essa mudança que irá interferir diretamente no dia a dia das pessoas e da cidade”, explica o prefeito Ademir Magagnin.”

Participei do referido encontro e dentre os mais diversos discursos, me ative as palavras proferidas pelo Deputado Estadual Vânio Comin e pelo Prefeito de Cocal do Sul.

Ao fazer uso da palavra o Prefeito fez uma breve explanação do projeto de construção do Anel Viário, constituiu uma Comissão formada por diversos representantes da sociedade organizada de Cocal do Sul e convidou a todos para se fazerem presentes na audiência pública do Orçamento Regionalizado para definir as prioridades que serão incluídas no Plano Plurianual do Governo do Estado.

Durante a sua explanação o Prefeito falou que existe algumas alternativas para a construção do respectivo Anel Viário e eu o questionei pelo fato de estar escrito na matéria que existe um projeto com a localização previamente definida ou seja irá iniciar no Bairro União, passando pela Linha Espanhola em direção a SC 108, mais precisamente na comunidade de Rio Galo.

Anel Viário de Cocal está entre as três prioridades para o orçamento de 2016 do Estado

O dia 7 de agosto de 2015 foi marcado “por um fato histórico para a população de Cocal do Sul. A união e mobilização de autoridades, entidades e comunidade resultaram na inclusão do projeto de construção do anel de contorno viário do município no PPA 2016/2019, além de estar entre as três prioridades que serão inseridas no orçamento de 2016 pela região de Criciúma.”

Ao dialogar com algumas pessoas, elas me falaram que a primeira ideia do Anel Viário, discutido a mais de 35 anos, teria o seguinte percurso: Linha Tigre – atuais bairros Jardim Elizabeth – Cristo Rei – Rio Galo e outras me comentaram que durante a primeira administração municipal de Cocal do Sul passou a ser discutida que o trajeto seria a Linha Tigre (nas proximidade onde atualmente está localizado o Distrito Industrial I) – Limites das terras das famílias Rosso e Possamai em direção a Linha Braço Cocal, passando pelas terras das famílias Pereira, Rosso, Fontanela, Cechinel e Possamai Della em direção a Rodovia SC 108 (SC 446), mais precisamente na comunidade de Rio Galo.

A minha sugestão é que o futuro Anel Viário tenha o seguinte trajeto: ENTRADA PELA ESTRADA GERAL LINHA TIGRE, PASSANDO PELA ÁREA INDUSTRIAL I, TERRAS DAS FAMÍLIAS ROSSO E POSSAMAI, ESTRADA GERAL LINHA FERREIRA PONTES, TERRAS DAS FAMÍLIAS DAROLT E ROSSO (EM FRENTE A EMPRESA MENEGON ARTEFATOS DE CIMENTO), ESTRADA RIO PERSO, ESTRADA LINHA RIO PERSO E SAÍDA APÓS A CAPELA NA COMUNIDADE DO RIO GALO NA RODOVIA SC 108 (SC 446). Nesse apesar de ser um trajeto um pouco mais longo se estaria evitando danos ao meio ambiente, indenizações de imóveis, pois em quase todo esse trajeto já existem estradas abertas.

Não quero aqui questionar a possibilidade desta obra ter o trajeto sugerido pela Administração Municipal, somente gostaria de sugerir que a Administração pública Estadual e Municipal estude as possibilidades de realização de uma ampla discussão a respeito do trajeto do futuro Anel Viário e que essa discussão seguisse critérios técnicos mas que a definição da localização seguisse também critérios democráticos e que a população da nossa querida cidade fosse ouvida.

Para finalizar sugiro que após uma ampla discussão técnica e operacional seja viabilizadaa realização de Audiências públicas em todos os Bairros e Comunidades do Interior e para finalizar, dentre as sugestões apresentadas, seja colocado à disposição da população de Cocal do Sul um processo mais democrático possível para a escolha do trajeto do futuro Anel Viário.

Um abraço ...